sexta-feira, 10 de maio de 2013

À beira do abismo me cresceram asas

Pensa num espetáculo bonito e harmonioso. Duas "velhinhas" contando suas histórias nos fazem rir e nos emocionam na mesma medida.

Diálogo impagável (como me vem na memória): 
- Você saía dançar pra trair o seu marido.
- Eu não traia o meu marido, mas gostava de saber que poderia.

Uma das falas menos provocativas (como me vem na memória):
- Se Deus sabia que eu sou como sou, quando me ofereceu a maça, sabia também que era pra eu transgredir.

Edith Piaf fazendo parte da trilha sonora, essas duas atrizes maravilhosas e naturais no palco, a poesia da vida em cena, e ainda com direito a chuva de papel laminado, o espetáculo é imperdível!


P.S.: Na ocasião, as também globais, Camila Morgado, Leona Cavalli e Suzana Faini prestigiavam as amigas.

2 comentários:

Ana Paula Seibert disse...

Vontade de assistir!

a_girl_feeling disse...

:) Nem fala, coisas que o Rio tem de bom!!